Gomez: Imite o ‘exemplo, testemunho profético’ do Rev. King no trabalho pela justiça

O Memorial Martin Luther King Jr. em Washington é visto nesta foto ilustrativa.  A vida e o legado do líder dos direitos civis assassinado são comemorados em 17 de janeiro de 2022, que é um feriado federal.  A partir de 1970, vários estados e cidades fizeram de seu aniversário, 15 de janeiro, um feriado.  Em 1983, o Congresso declarou feriado federal para o Rev. King e estabeleceu a observância anual para a terceira segunda-feira de janeiro.

O Memorial Martin Luther King Jr. em Washington é visto nesta foto ilustrativa. A vida e o legado do líder dos direitos civis assassinado são comemorados em 17 de janeiro de 2022, que é um feriado federal. A partir de 1970, vários estados e cidades fizeram de seu aniversário, 15 de janeiro, um feriado. Em 1983, o Congresso declarou feriado federal para o Rev. King e estabeleceu a observância anual para a terceira segunda-feira de janeiro. Foto CNS/Tyler Orsburn

O presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos exortou todas as pessoas de boa vontade a comemorar a vida e o legado do Rev. Martin Luther King Jr. no feriado de 17 de janeiro que recebeu seu nome, lembrando “não apenas a justiça que ele buscou, mas como ele o perseguiu”.

O líder dos direitos civis “foi impulsionado pela visão bíblica de justiça e verdade, uma visão que ele entendeu estar refletida nos documentos fundadores de nossa nação”, disse o arcebispo de Los Angeles José H. Gomez em uma declaração de 15 de janeiro.

“Ele acreditava no que chamava de ‘credo americano’, a crença expressa por nossos fundadores de que todos os homens e mulheres são criados iguais e dotados por Deus de uma dignidade sagrada e direitos inegáveis ​​à vida, liberdade e igualdade”, acrescentou o prelado.

O Rev. King, que foi assassinado em 1968 aos 39 anos, teria completado 93 anos no dia 15 de janeiro. O Dia de Martin Luther King Jr. é observado na terceira segunda-feira de janeiro de cada ano.

Hoje, 54 anos após sua morte, “a América enfrenta muitos desafios”, disse o arcebispo Gomez. Entre eles, disse ele, estão “esta pandemia em curso, questões de desigualdade econômica e discriminação racial, violência em nossas comunidades, a luta para acolher imigrantes e refugiados”.

“Nos últimos anos, nossa nação também se tornou mais polarizada e nossas divisões mais irritadas”, disse ele.

Ao olhar para o futuro, “vamos continuar a extrair da sabedoria do Rev. King, especialmente seu compromisso com as bem-aventuranças de Jesus e os princípios de não-violência e amor por nossos inimigos”, exortou o Arcebispo Gomez.

Ele fez referência à “Carta de uma prisão de Birmingham” do Rev. King, uma carta aberta escrita em 16 de abril de 1963 pelo ministro batista e ativista enquanto ele estava confinado em uma cela depois que ele e outros líderes dos direitos civis foram presos por realizar uma manifestação não violenta sobre o tratamento dos negros em Birmingham, Alabama.

Um tribunal ordenou que o Rev. King não pudesse realizar protestos lá. Ele passou oito dias na prisão antes de ser libertado sob fiança.

Em sua carta, “Rev. King nos lembra que somos irmãos e irmãs, parte de uma bela teia de relacionamentos de cuidado mútuo, cada um de nós dependendo dos outros como os outros dependem de nós”, disse o arcebispo. “’Injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça em todos os lugares’, escreveu ele. “Estamos… amarrados em uma única roupa de destino. Qualquer coisa que afeta um diretamente, afeta todos indiretamente.”

“Prossigamos com o mesmo espírito de fraternidade e solidariedade e continuemos seu trabalho pela igualdade e pela justiça”, disse o arcebispo Gómez. “Ao lembrarmos do Rev. King, continuemos a aprender com ele e a imitar seu exemplo e testemunho profético.”

Tag: Rev. Martin Luther King Jr., Conferência dos Bispos Católicos dos EUA

Categoria: Destaque, notícias dos EUA e do mundo

TheCatholicSpirit
#Gomez #Imite #exemplo #testemunho #profético #Rev #King #trabalho #pela #justiça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.