27 Visualizações

O Papa Francisco fez um apelo, nesta quarta-feira (5), para que pais e mães adotem crianças, e disse que “vivemos uma época de orfandade notória”.

Durante a catequese na Audiência Geral, realizada na Sala Paulo VI, no Vaticano, Francisco afirmou que esse é um ato de humanidade, e criticou o movimento de algumas pessoas de adotar apenas animais, em detrimento de crianças.

“Muitos casais não têm filhos porque não querem ou tem um só e chega, mas têm dois cachorros, dois gatos que tomam o lugar dos filhos. Sim, é engraçado, entendo, mas é a realidade. Renegar a paternidade e a maternidade nos diminui, tira a nossa humanidade”, disse o pontífice.

Francisco pediu para que as instituições legais ajudem na adoção, desde fazer um controle sério até facilitar o processo.

O Papa também disse às famílias para “não terem medo” de acolher alguém, e que José, pai adotivo de Jesus, segundo a Bíblia, mostra que esse não é um caminho “secundário”, uma alternativa, mas uma forma elevada de amor.

“Não é suficiente pôr um filho no mundo para dizer que também somos pais ou mães. Não se nasce pai, se torna. E não se torna pai apenas porque se colocou no mundo um filho, mas porque se cuida responsavelmente dele”, afirmou o Papa.

CNN INTERNACIONAL
#Muitos #casais #têm #cachorros #gatos #lugar #filhos #diz #Papa #Francisco