88 Visualizações

Neste Artigo vamos descrever o que significa católica. Qual a origem desta palavra e quando ela surgiu.

Devemos Ressaltar que a palavra “catolica” é substantivo feminino que deriva do Substantivo masculino “católico”, contudo, nossa pesquisa apenas encontrou informações relativas a palavra nesta forma.

No Dicionário o Significado de Catolica (católico) assim está descrito:

(latim eclesiástico catholicus, -a, -um, do grego katholikós, -ê, -ón, universal)
adjetivo

1. Relativo à religião que reconhece o papa por chefe universal, geral.

2. Epíteto que se dava aos reis de Espanha.substantivo masculino

3. Membro da religião católica.

É por isso que a noção de católico é usada com referência à religião cristã cujo líder é o papa de Roma. Os cristãos são os seguidores de Cristo, considerado o filho de Deus: o papa, por outro lado, é o sucessor do apóstolo São Pedro e vigário de Cristo no mundo terreno.

Enquanto a Igreja Católica Apostólica Romana teve uma língua oficial, ela sempre foi o latim – mas este termo específico tem sua raiz em outro idioma.

“A palavra ‘católica’ vem do grego kata (junto) e holos (todo), isto é: universal, que abrange tudo e reúne a todos”, diz o antropólogo e especialista em história das religiões Benedito Miguel Angelo Perrini Gil, da Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

A palavra foi aplicada pela primeira vez à Igreja de Roma no século II por Inácio de Antioquia, um de seus fundadores. “Mas ela só passa a ser adotada oficialmente como um dos atributos essenciais da instituição a partir do Concílio de Constantinopla, no ano 381”, afirma o teólogo Faustino Teixeira, do Departamento de
Ciência da Religião, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, da Universidade Federal de Juiz de Fora.

De Fato O Que Significa Catolica (Católico)

O adjetivo católica é anterior ao nascimento da Igreja. Em grego, katholikos (καθολικός) quer dizer aquilo que é conforme o todo. Hoje em dia, a palavra equivalente seria holística. De uma forma geral, a tradução para a palavra católica é universal, contudo, o sentido dela é muito mais amplo.

A palavra católica passou a designar não somente a Igreja que inclui todas as pessoas em todos os lugares, mas também a Igreja que inclui toda a fé, todos os sacramentos, todo o depósito e tesouro que foi deixado por Jesus Cristo e os Apóstolos. Com isso, a palavra foi sendo incorporada ao Credo como forma de distinguir a Igreja que guardava a fé inteira das seitas heréticas que estavam nascendo e que desprezavam o todo da fé.

A Expressão em grego “katholikós”, que chegou ao latim como “catholĭcu” posteriormente ao português como católico, pode ser traduzido como “universal”. Este adjetivo, que se refere ao que é comum ou que engloba tudo, foi usado pela Igreja de Roma para se referir a si mesmo.

Só há uma Igreja de Cristo e essa Igreja é una, católica e apostólica. Faz parte da natureza da Igreja ser católica. Sendo assim, não se pode aceitar o significado confessional da palavra católico, pois ela não designa um ramo dos cristianismo. A fé cristã é católica por definição e não há outro verdadeiro cristianismo que não o católico. Por isso, como nas colunatas de Bernini na Praça de São Pedro, a Igreja abraça a fé na sua integridade e acolhe como mãe os católicos do mundo todo que vão em peregrinação até aquela praça, ver o Sucessor de Pedro.

É importante levar em conta que existem dogmas compartilhados por católicos e outros cristãos. Entre os principais dogmas católicos, baseados na Bíblia, figuram a Santíssima Trindade (existe apenas Deus Pai, Filho e Espírito Santo), a Imaculada Conceição (Maria, a mãe de Cristo, foi concebida sem pecado), Maternidade Divina (a gravidez de Maria foi obra do Espírito Santo, sendo ela sempre virgem) e a Eucaristia (o pão e o vinho que são transformados no corpo e no sangue do filho de Deus).

Pode-se dizer que a religião católica, também chamada de catolicismo, é um ramo da religião cristã ou do cristianismo. A Igreja Católica, de fato, é a Igreja Cristã com o maior número de fiéis.

Os católicos acreditam em Cristo e reconhecem o Papa como seu líder religioso. Nesse contexto, eles respeitam a teologia, liturgias e doutrinas que compõem essa comunidade.

FONTES:
https://super.abril.com.br/historia/qual-e-a-origem-da-palavra/
https://padrepauloricardo.org/episodios/desde-quando-a-igreja-comecou-a-usar-o-nome-de-catolica
https://conceito.de/catolico
https://dicionario.priberam.org/cat%C3%B3lica