Papa critica mentalidade de ‘salve-se quem puder’ em última missa de 2021

Missa foi celebrada pelo cardeal Giovanni Battista Re, mas Francisco fez a homilia do dia

Alberto Pizzoli / AFPPapa Francisco fez a homilia na missa da véspera de ano novo, apesar de não ter presidido a cerimônia

O papa Francisco não presidiu a missa da véspera do Ano Novo na Basílica de São Pedro, conforme estava previsto nesta sexta-feira (31), mas proferiu a homilia. Giovanni Battista Re, decano do Colégio Cardinalício, celebrou a cerimônia enquanto o pontífice, de 85 anos, usando uma máscara, passou a maior parte do ato sentado em frente ao altar da Confissão. Na reflexão sobre as leituras bíblicas do dia, o papa criticou a mentalidade de ‘salve-se quem puder’ que teria se fortalecido durante a pandemia. “Este tempo aumentou em nós o sentimento de perda. Depois de uma primeira fase de reação, em que nos sentimos solidários na mesma barca, difundiu-se a tentação do ‘salve-se quem puder’. Mas graças a Deus reagimos novamente, com o sentido de responsabilidade. Realmente podemos e devemos dizer ‘graças a Deus’ porque a escolha da responsabilidade solidária não vem do mundo, vem Deus; ou melhor, vem de Jesus Cristo”, afirmou Francisco.

Em outros pontos da homilia, o Pontífice pediu que os cristãos relembrassem que os problemas não desaparecem no Ano Novo, mas que Deus os acompanha sempre. Segundo um porta-voz do Vaticano, Francisco quis que o cardeal presidisse a celebração. A mudança foi anunciada apenas três horas depois de o Vaticano confirmar que o papa celebraria a cerimônia. No ano passado, o pontífice não pôde celebrar as missas de Ano Novo por causa de ciática, uma afecção nervosa crônica que lhe causa dor no quadril e da qual sofre há tempos. Tradicionalmente, o papa visita o presépio na Praça de São Pedro depois da véspera do Ano Novo, mas o ato foi cancelado na sexta-feira por medo de que o coronavírus pudesse se espalhar entre a multidão reunida.

*Com informações da AFP

CNN INTERNACIONAL
#Papa #critica #mentalidade #salvese #quem #puder #última #missa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.