Conversão de Saulo e conclusão da semana de oração pela unidade dos Cristãos

“Acolhamos o ardente desejo de Jesus que nos quer «um só» (Jo 17, 21) e, com a sua graça, caminhemos rumo à plena unidade!”

Conclusão da semana de oração pela unidade dos cristãos

Queridos irmãos e irmãs, sigamos também nós a estrela de Jesus! Não nos deixemos distrair pelos fulgores do mundo, estrelas cintilantes mas cadentes. Não sigamos as modas passageiras, meteoros que se apagam; não cedamos à tentação de brilhar com luz própria, ou seja, de nos fechar no nosso grupo para nos autoconservarmos. Mas, que o nosso olhar esteja fixo no Céu, na estrela de Jesus.

“Sigamos a Ele, ao seu Evangelho, ao seu convite à unidade, sem nos preocuparmos de quão longa e cansativa possa ser a viagem para a alcançar plenamente. Aspiremos e caminhemos juntos, apoiando-nos mutuamente, como fizeram os Magos”

“nesta tarde, peçamos a Deus esta coragem, a coragem da humildade, único caminho para chegar a adorar a Deus na mesma casa, ao redor do mesmo altar”.

E como os Magos, pediu-nos a coragem de trocar a estrada: “Dai-nos, Senhor, a coragem de trocar estrada, converter-nos, seguir a vossa vontade e não as nossas comodidades; a coragem de avançar juntos, para Vós, que com o vosso Espírito quereis fazer de nós um só”.

Papa Francisco encerra a semana de oração pela unidade dos Cristãos no dia da conversão de São Paulo com o tema:“Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo”.

o Pontífice agradeceu aos patriarcas ecumênicos , o Arcebispo de Cantuária e de outras Comunidades cristãs a presença de todos.

Francisco destaca a presença dos ” Magos” como um caminho de unidade mencionando as 3 estapas que os mesmo fizeram.

Partiram do Oriente.

Passaram por Jerusalém

Chegaram em Belém

Com anseio de querer mais que seus costumes e conhecimentos eles buscavam Deus.