11 Visualizações

“Maria podeta a esperança e reacende hoje em nós a esperança”, disse o Papa Francisco antes de rezar o Angelus na Solenidade da Assunção, quando a visitar um santuário mariano e também rezar pela.

Notícias do Vaticano

Ao final do Ângelus na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, o Papa Francisco fez o convite a quem tem a possibilidade de visitar um santuário mariano, e também rezar também pela paz:

E neste dia dedicado a Nossa Senhora, exorto aqueles que têm a possibilidade de visitar um santuário mariano a venerar a nossa Mãe celeste. Muitos romanos e peregrinos vão a Santa Maria Maior para rezar diante da Salus Populi Romani.

E nestes tempos conturbados, marcados por tantos conflitos, o pedido para invocar a intercessão de Nossa Senhora pela paz no mundo, com uma oração particular pelo povo ucraniano:

Ali também há uma estátua da Virgem Rainha da Paz, confirmada pelo Papa Bento XV. Continuamos a invocar a intercessão de Nossa Senhora para que Deus dê a paz ao mundo, e rezamos em particular pelo povo ucraniano.

Desde domingo, 5 de junho, o Papa rezou pela paz na Ucrânia em 12 Ângelus seguidos. Nos 26 Angelus desde o início da guerra, ele falou em 20 sobre o conflito (a primeira vez em 27 de fevereiro).

Já nas 18 Audiências Gerais desde o início da guerra, Francisco falou em 14 sobre o conflito e outras 3 vezes antes da guerra.

Salus populi romani

UMA Salus populi romani (“salvação do povo romano”, no sentido de “protetora”) é o título dado no XIX ao ícone bizantino representando a Madona e o Menino localizado na capela Paulina ou Borghese da Basílica de Santa Maria Maior. Antes e após suas Viagens Apostólicas, Francisco vai até esta basílica papal rezar diante do ícone.

Virgem Rainha da Paz

O grupo escultórico de Maria Regina Pacis está localizado na esquerda da Basílica de Santa Maria Maior, no Rione Monti. A estátua foi encomendada pelo Papa Bento XV para pedir à Virgem que acabasse com a Primeira Guerra Mundial, que ele mesmo chamou de “massacre inútil”, em 1918. O monumento foi criado pelo e o Guido Galli, na época vice-diretor dos Museus Galerias Papais, e foi inaugurada em 4 de agosto de 1918, um dia antes da grande festa de Nossa Senhora da Neve.

Fonte